O plantão psicológico constitui-se como modalidade de atendimento da prática clínica contemporânea, voltada àqueles que estão diante de situações de emergência, demandando acolhimento e suporte psicológico quando do momento da irrupção da crise.

Os atendimentos serão realizados de forma individual, com equiparação da duração da sessão à de uma psicoterapia normal – ou com disposição de mais tempo, se houver necessidade. Nessa sessão, visa-se antes de mais nada ouvir o sujeito quanto ao que lhe ocorre, relatos e elaborações, a fim de que suas questões sejam trabalhadas no sentido da elaboração de uma reposta que possa atenuar o seu estado de insegurança, de modo que possa vir ao restabelecimento de suas condições de equilíbrio dinâmico para com a vida.

Após algumas sessões eventualmetne agendadas em seguida a esse primeiro encontro, nem todos serão os casos que devem necessitar da continuidade do tratamento na forma de psicoterapia – à abertura de um tratamento realizado semanalmente e sem tempo pré-estabelecido para a sua conclusão -, porém, essa resposta pode se dar após desejável processo de maturação, para o qual, em todo caso, se faz o registro de sua recomendação.

P.s.: Essa modalidade de atendimento dispensa agendamento prévio.